Segredos para uma gravidez mais saudável

 

Gravidez mais saudável

Por Aime Doniz

Tenho seis anos de experiência com Ioga na fase do pré-natal e, recentemente, além de trabalhar como doula, nasceu meu primeiro filho. Sei que as mães se esforçam ao máximo para seguir as regras desta matéria, a respeito das mudanças hormonais, do mal-estar e até mesmo de doenças que as acometem, sempre de forma diferente. A maioria das mudanças físicas e emocionais deve-se aos hormônios liberados durante a gravidez. A questão que se coloca é: como evitá-los ou, ao menos, diminuir os seus efeitos? Abaixo, algumas das respostas que dei às minhas alunas, conselhos compilados ao longo dos anos — recebidos de mentores e doutores— havendo eu tido a oportunidade de comprová-los por mim mesma.

– Coma constantemente, de 4 a 6 vezes ao dia, a cada 3 ou 4 horas. Isto evitará sentir fome e acidez estomacal;

– Consuma mais fibras para evitar as estrias;

– Procure se alimentar de comida feita em casa (a das ruas sempre apresenta maior teor de gordura);

– Evite saladas de frutas, dê preferência por comê-las individualmente, sem misturá-las, e uma porção a cada 3 ou 4 horas;

– Evite refrescos, sucos artificiais e também os naturais, visto cada copo pode conter o equivalente a 3 ou 4 frutos, ou seja, a porção diária recomendada;

– Evite as câimbras ingerindo plátano, tomate e laranja, pois contêm alto teor de potássio;

– Trate as infecções urinárias com suco de mirtilos;

– Lembre-se de beber de dois a três litros de água por dia, uma dica é manter um copo por perto. Outra maneira de prevenir câimbras;

– Se algum alimento causar enjoo, o melhor é comer bem pouquinho do mesmo do que privar-se totalmente;

Regras de ouro para uma gravidez saudável:

· Ir ao médico uma vez por mês;

· Tomar diariamente ácido fólico e vitaminas;

· Fazer exercício;

· Alimentar-se de maneira sadia;

· Dormir bem;

· Evitar bebidas alcoólicas, o fumo e quaisquer tipos de drogas;

· Diminuir a ingestão de cafeína.

– Evite farinha branca, mas pode deleitar-se com pães e massas integrais, com moderação é

claro;

– Evite não somente o açúcar, mas o sal também, visto que o último pode causar inchaço por

retenção de líquidos;

– Caso a retenção de líquidos aumente, levante as pernas em 90º para descansá-las e tome chá

de hibisco sem açúcar, quente ou frio;

– Pratique natação ou Ioga por 30 a 45 minutos todos os dias. Caso tenha infecção urinária, a

natação não convém;

– Prefira subir escadas ao elevador;

– Alongue-se por dez minutos – ao despertar e ao anoitecer;

– Faça relaxamento consciente por 10 minutos, todos os dias;

– Procure dormir um pouco mais sempre que possível;

– Se possível inscreva-se em curso pré-natal, aulas de Ioga ou aconselhamento psicológico profilático. Certamente, te auxiliará a ter uma gestação mais saudável;

– E, por fim, a regra mais importante: ESCUTE o que diz o próprio corpo.

Se estiver cansada, descanse; ao ter fome, coma. Parece simples, mas nem todas o fazem porque estavam acostumadas a ignorar estes sinais antes da gestação. Contudo, ao engravidar, é fundamental escutar os pequenos sinais e, mesmo se parecer algo exagerado, não importa: o melhor é consultar o médico sem demora.

Voltar